Notícia

Matera 'condenado' com punição de 15 pontos

Feb 13, 2022

O Matera registou este sábado a 14ª derrota em 14 jogos na Serie A1, mas a derrota mais dura veio da secretaria. O clube recém-promovido foi penalizado em 15 pontos por não pagamento da taxa de atletas estrangeiros. #SerieA1 #Disciplina

O reconstruído Matera chegou esta temporada à Serie A1, mas têm faltado argumentos para se impôr desportivamente.

Com 14 partidas disputadas no principal campeonato italiano, a equipa orientada por Antonio Chieco somou este sábado a sua 14ª derrota na recepção ao Grosseto (0-2), acumulando a "lanterna-vermelha" com a pior defesa da prova, num total de 106 golos consentidos, e o pior ataque, tendo logrado apenas 40 golos.

Mas, ainda antes da 14ª derrota, chegou o mais duro revés esta semana. O conselho de disciplina italiano puniu o Matera com uma penalização de 15 pontos, o que tornará virtualmente impossível a manutenção.

Em causa está o não pagamento da taxa de inscrição de atletas estrangeiros, nomeadamente do argentino Nicolàs Gutierrez. O jogador, com 23 anos feitos em Dezembro, chegou à Europa em 2020 para representar o Óquei de Barcelos, mas não vingaria. Foi cedido aos galegos do Compañia de María e este ano aposta na afirmação em Itália. Alinhou nas três primeiras partidas na Serie A1 e apontou três golos, mas uma grave lesão, obrigando a cirurgia, impediu-o de voltar a dar o seu contributo.

A punição disciplinar, para além da penalização que hipoteca 15 pontos que o Matera possa vir a conquistar, implica também a suspensão de todos os estrangeiros até que a taxa seja paga, uma dívida de 5000 € que - face à situação da equipa na Serie A1 - não se adivinha que seja regularizada.

"Nico" é o único estrangeiro que chegou esta época, sendo que Conrado Piozzini, o outro "estrangeiro", argentino apesar da nacionalidade italiana, já pertencia aos quadros do Matera na pretérita temporada e foi a jogo este sábado.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade