Notícia

Fernando Claro demite-se e passa a 'espectador sempre atento'

Mar 30, 2022

Fernando Claro apresentou a sua demissão da Mesa da Assembleia-Geral da Federação de Patinagem de Portugal, pondo ponto final à sua 'longa carreira de dirigente desportivo'. Mas promete estar 'atento e interessado no desempenho dos actores'. #Institucional

A Assembleia-Geral Ordinária da Federação de Patinagem de Portugal para aprovação de actividades e contas de 2021 realizada no passado sábado ficou marcada pelo surpreendente pedido de demissão de Fernando Claro, presidente da Mesa da Assembleia-Geral.

Recordando que se iniciou no dirigismo desportivo em 1978, na Associação de Patinagem do Porto, Claro declarou que "é chegado o momento de iniciar uma nova fase na minha vida, com menos compromissos. Uma fase mais dedicada à minha família, aos meus amigos e a mim próprio".

Entre outros cargos que ocupou, Fernando Claro foi Presidente da Direcção da Federação de Patinagem de Portugal entre 2003 e 2018 e da World Skate Europe entre 2005 e Novembro de 2021. Em ambos os cargos, sucedeu-lhe Luís Sénica. Na primeira eleição de Luís Sénica para o organismo luso, em Dezembro de 2018, Fernando Claro deixou expressa a sua confiança ao acompanhar o ex-seleccionador nacional como presidente da Mesa da Assembleia-Geral, continuando no cargo após as eleições de 5 de Setembro do pandémico ano de 2020.

O mandato prolongar-se-ia até 2024, mas o dirigente deixa a missão a meio, tendo já sido estranha a sua ausência na Gala da Patinagem promovida no dia anterior à Assembleia-Geral.

"É, pois, hora de sair de cena, passar para a plateia, ocupar o lugar de espetador sempre atento e interessado no desempenho dos atores, assistindo, com atenção, ao desempenho daquele que é o papel de cada um nesta peça de teatro que é a vida real", referiu, sem deixar de lamentar algumas decisões que tomou.

"Tenho a plena consciência do preço que, por vontade própria, paguei ao longo destes anos, a nível pessoal e familiar, das críticas que me foram dirigidas, dos julgamentos negativos muitas vezes feitos quanto à minha participação ou desempenho, das apostas menos felizes que por mim foram feitas, das decisões muitas vezes erradas e das escolhas tantas vezes desacertadas, das ilusões que com elas criei e das desilusões que algumas me trouxeram", relevou, deixando nas entrelinhas recados para "bons entendedores".

O lugar à frente da Mesa da Assembleia-Geral deverá ser assumido por José Saraiva, ex-presidente da Associação de Patinagem de Aveiro e, até sábado, vice-Presidente da "Mesa".

Recorde-se que Fernando Claro dera como terminado o seu percurso como dirigente desportivo a nível internacional em Dezembro último, sendo reconhecido como o primeiro, e para já único, Sócio Honorário da World Skate.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade