Notícia

Trissino vence Sarzana e defronta Valongo na final

May 14, 2022

Não se deixando surpreender (novamente), o Trissino deixou bem patente a sua superioridade sobre o Sarzana e defronta o Valongo na final na final da Liga Europeia. Entre irmãos, Alex levou a melhor com quatro golos sem resposta. #LigaEuropeia

Conhecido o primeiro finalista (o português Valongo) da presente edição da Liga Europeia, era hora de conhecer o seu adversário italiano.

Frente-a-frente Trissino e Sarzana. Bertolucci e Bertolucci.

O mais modesto Sarzana vinha de terminar a temporada em Itália com um 9º lugar na Serie A1, mas a equipa de Mirko já surpreendera a de Alex, que venceu a fase regular e vai disputar a meia-final do play-off, duas vezes. Uma para o campeonato - naquela que foi a primeira derrota (em Fevereiro!) do Trissino na temporada - e outra para a Taça, que o Sarzana viria a conquistar.

O madrileno Pablo Najera foi dos mais inconformados do Sarzana, mas os 'rossoneri' não tiveram argumentos.

Desta feita, o Trissino não se deixou surpreender.

Dominando desde os primeiros instantes, a equipa capitaneada por João Pinto adiantar-se-ia aos 12 minutos pelo sempre oportuno Emanuel Garcia, o segundo jogador desta Final Four com mais presenças nos palcos da decisão da principal prova europeia de clubes, apenas superado por Caio. Aos 17 minutos seria o próprio João Pinto a marcar, na recarga a uma grande penalidade.

Na segunda parte, em gestão, o Trissino marcaria mais dois golos, ambos de livre directo e por mais um jogador que, em Portugal, tal como Emanuel ou João, vestiu a camisola azul-e-branca do Porto: Giulio Cocco. O italiano levou a bola para fintar Simone Corona para o 3-0 aos seis minutos, na 10ª falta do Sarzana, e - depois de Pol Galbas não conseguir marcar para os "rossoneri" na 10ª do Trissino - fechou as contas num remate directo a nove do final, depois de azul a Joan Galbas.

Giulio Cocco marcou duas vezes de livre directo e está na sua terceira final consecutiva.

Esta será a terceira consecutiva para Giulio Cocco (perdeu, pelo Porto, frente ao Sporting em 2019 e 2021), mas a primeira para o Trissino. No capítulo das curiosidades, João Pinto está a jogar a Final Four pela segunda vez, tendo conquistado o troféu em 2019... quando não esteve presente no fim-de-semana decisivo (estivera em 2018, no Dragão Caixa). Capitão do Sporting no arranque dessa dourada temporada de 2018/19, foi afastado antes da Final Four, e tem agora nova oportunidade para erguer o "caneco".

O Trissino tenta ser a segunda equipa italiana a vencer o troféu, depois da conquista do Follonica em 2006, neste mesmo palco de Torres Novas. Na altura, Alessandro Bertolucci, agora técnico do Trissino, foi protagonista como jogador.

João Pinto conta já com uma Liga Europeia no currículo, mas tentará erguer o troféu pela primeira vez...

Meias-Finais

• MF2 • Valongo 7-5 Tomar • 14.Mai (4-4, 3-1 pen.)

• MF1 • Trissino 4-0 Sarzana • 14.Mai

Final

• Valongo vs. Trissino • 15.Mai • 15h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade