Notícia

Barcelona parte na frente

Sep 13, 2022

No arranque da OK Liga, um Barcelona 'ferido' pela perda do título venceu com cinco golos sem resposta na pista do Lleida e os blaugrana assumem desde já a liderança da 54ª edição da OK Liga. João Rodrigues e Hélder Nunes marcaram. #OkLiga

De meados da década de 80 até meados da década de 90 do século passado, o Barcelona viveu uma "seca" de 10 anos (com quatro triunfos do Igualada, cinco do Liceo e um do Noia) sem vencer o principal campeonato espanhol.

Depois de 1995, já sob a batuta de Carlos Figueroa, os blaugrana somaram 23 títulos em 27 ocasiões, "escapando" apenas os triunfos em 1997 (para Igualada), 2011 (Reus) e 2013 e, agora, 2022 (Liceo). Ou seja, desde 1995 que o Barcelona não perde dois campeonatos seguidos. O que não pode ser bom prenúncio para os rivais.

Este fim-de-semana arrancou a 54ª edição do campeonato espanhol, apelidado de OK Liga desde 2002, e o Barcelona, apesar de ter em agenda uma deslocação complicada, assumiu desde já a liderança.

João Rodrigues marcou ainda não estavam decorridos dois minutos e, com muito acerto táctico, a equipa de Edu Castro controlou a partida. A quatro minutos do intervalo, Pau Bargalló ampliou e, com um regresso forte dos balneários, como na decisão da Supercopa, o Barça matou o jogo. Em sete minutos, Hélder Nunes e Matías Pascual ampliaram para quatro golos de vantagem, sendo a ineficácia ofensiva do Lleida castigada a dois minutos do fim com mais um golo de Bargalló.

Foram três pontos importantes no arranque de campeonato num jogo marcado pelo regresso do agora capitão Sergi Panadero depois de um susto na Supertaça que o levou ao hospital (e a falhar o levantamento do troféu) e pela estreia do português Nuno Paiva pelo Lleida. O atacante ex-Montebello veria um azul numa partida em que só houve um outro azul, para o também português - mas adversário - Hélder Nunes.

Só uma vitória caseira

Nos outros jogos da ronda inaugural, o equilíbrio nas contas finais, por regra, dominou.

O Alcoi, depois de uma excelente campanha na pretérita temporada, começou da melhor maneira, ao vencer na pista do recém-promovido Vilafranca por 2-4. Gonzalo, irmão de Toni, jogador do Sporting, continua a mostrar que os golos correm nas veias destes Pérez e assinou um hat-trick.

Na outra partida com recém-promovidos, também estiveram laços de sangue com jogadores do campeonato português. Arenys de Munt - com um golo de Marc Pujadas, primo do portista Roc, e outro de Arnau Font, irmão do sportinguista Ferran - e Sant Cugat dividiram pontos numa igualdade a quatro.

Seria o único empate de uma jornada em que reinaram vitórias dos visitantes. De facto, apenas o Reus logrou vencer perante o seu público, mas a coisa esteve tremida para a equipa que continua orfã de Raul Marin.

Os "roginegros" perdiam na recepção ao Igualada por 0-3 aos 15 minutos, com um bis do reforço - campeão europeu pelo Trissino - Roger Bars e apenas David Gelmà logrou reduzir ainda na primeira parte. Na etapa complementar, a história foi diferente. Sergi Aragonès colocou a diferença na margem mínima e o capitão Joan Salvat igualou. Marc Julià, com dois golos, selou a reviravolta para o vice-campeão.

Martí Casas foi o "homem-golo" da ronda, com uma mão cheia assinada na pista do Caldes. Gonzalo Pérez merece "menção honrosa" pelo hat-trick na vitória do Alcoi.

O campeão também sofreu para garantir os três pontos em Sant Hipòlit de Voltregà. Num jogo em que Jordi Burgaya (Voltregà) e Arnau Canal (Liceo) bisaram frente às suas ex-equipas, os azuis-e-brancos recuperaram de 1-3 para 3-3, mas os verdes tiveram estrelinha. No último minuto, César Carballeira roubou na defesa e combinou com Dava Torres para fazer a meia altura o 3-4 do contentamento galego.

Quem também começou com um triunfo tangencial, foi o Noia, terceiro na fase regular na pretérita temporada. A perder ao intervalo em Girona, a equipa de Pere Varias, ainda longe da melhor dinâmica, virou para o 1-2 final.

Terá sentido o Noia saudades de Martí Casas, quando viu a ficha de jogo da partida do Calafell em Caldes de Montbui. O jogador que representou a equipa da "capital da cava" antes de embarcar em 2018 para a aventura italiana, foi o goleador desta ronda inaugural ao apontar nada menos do que uma mão cheia de golos num triunfo por 3-6. A equipa de Sergi Miras (ex-Sporting e Porto) e Arnau Xaus (ex-Juventude de Viana) teve um excelente ensaio geral para a Final Four da Taça Continental que disputa no próximo fim-de-semana em Follonica, defrontando o Valongo nas meias-finais. O jogo da segunda jornada, com o Vilafranca, será adiado.

1ª jornada

• Vilafranca 2-4 Alcoi • 10.Set

• Girona 1-2 Noia • 10.Set

• Voltregà 3-4 Liceo • 10.Set

• Caldes 3-6 Calafell • 10.Set

• Lleida 0-5 Barcelona • 10.Set

• Arenys de Munt 4-4 Sant Cugat • 11.Set

Reus 5-3 Igualada • 11.Set

Classificação

1º Barcelona (3 pontos), 2º Calafell (3), 3º Alcoi (3), 4º Reus (3), 5º Liceo (3), 6º Noia (3), 7º Arenys de Munt (1), 8º Sant Cugat (1), 9º Voltregà (0), 10º Girona (0), 11º Vilafranca (0), 12º Igualada (0), 13º Caldes (0), 14º Lleida (0)

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade