Notícia

Portugal de alta rotação vence Áustria

Jun 23, 2015

Portugal venceu a Áustria por 0-13 e garantiu desde logo lugar nos quartos-de-final. Com a vitória da Alemanha frente ao Brasil, os portugueses garantiram também desde já o primeiro lugar do grupo.

Na segunda jornada do Grupo C, Portugal defrontava a Áustria que na véspera vencera o Brasil. Tal como no primeiro jogo, Portugal entrou forte e marcou ainda no primeiro minuto, por Gonçalo Alves.

Gonçalo Alves fez o terceiro numa picadinha de belo efeito

Mas, desta vez, a equipa de Luís Sénica não descansou com a vantagem e manteve – ao longo de todo o jogo – um ritmo alto. Aos sete minutos, a equipa das quinas já vencia a selecção austríaca de João Meireles por 0-4 e, com o trabalho de demolição feito, Sénica trocou os cinco jogadores de pista. O ritmo manteve-se e, com três golos de João Rodrigues (marcaria ainda mais um na etapa complementar), ao intervalo Portugal vencia por 0-8.

Luís Sénica falara na véspera de respeito pela Áustria e pelo trabalho de João Meireles. E tal passava pelo esforço da Selecção Nacional dar o máximo. A Áustria trocou o seu guarda-redes e Mohr voltou a ser mais eficaz que Scüssling mas também contando com a pontaria dos portugueses… aos ferros.

João Rodrigues assinou um ‘poker’

Num ritmo sempre alto, Portugal chegou aos 13 golos sem resposta. A Áustria não teve muitas oportunidades, e Pedro Henriques negou o golo nas que surgiram, mas teve oportunidade de ver alguns dos melhores jogadores do Mundo a dar o seu melhor.

No final da partida, Luís Sénica e Jorge Silva frisaram o respeito pela Áustria e a necessária rotação de todos os jogadores. Para Jorge Silva, Portugal está bem e melhor a cada minuto que passa.

Pese a pesada derrota, João Meireles estava satisfeito com o trabalho dos seus jogadores face à real diferença entre as duas selecções e a forma de trabalhar o hóquei em patins em cada um dos países. David Huber, herói da véspera com três golos, estava feliz por defrontar os jogadores portugueses, explicando como as equipas trabalham na Áustria com um campeonato que dura apenas dois meses.

Apurados

Portugal garantiu o primeiro lugar do grupo em função da vitória da Alemanha frente ao Brasil por 6-2. Os “canarinhos” ficaram já arredados dos quartos ao somarem a segunda derrota em dois jogos numa partida equilibrada até aos 10 minutos finais, onde os brasileiros quebraram física e animicamente. O alemão Kai Milewski apontou três golos e a Alemanha disputa esta terça-feira um lugar nos quartos com a Áustria.

A Itália protagonizou a maior goleada do Mundial até ao momento

Esta segunda-feira ficaram desde já a conhecer-se os dois apurados do grupo D. Itália e Chile venceram os seus jogos e defrontam-se esta terça-feira para o primeiro lugar do grupo. A Itália bateu a África do Sul por 16-1, com cinco golos de Tataranni, enquanto o Chile sentiu mais dificuldades frente à Colômbia de André Torres. Os “cafeteros” voltaram a dar muito boa conta de si e só nos seis minutos finais é que o Chile passou definitivamente para a frente do marcador.

Ricardo Figueiredo, guarda-redes da África do Sul, foi duplamente infeliz. Falhou num alívio do seu homólogo italiano – e Gnata somou um golo – e acabou no hospital com as costelas partidas.

Conhecidos eram já três apurados na jornada disputada domingo. Espanha, que já garantiu o primeiro lugar no grupo A, e Argentina e Moçambique no grupo B vão estar no cartaz dos quartos.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade