Notícia

Alemães cumprem promessas

Jun 26, 2015

A Alemanha tem prometido com exibições consistentes. E, contra a vigente campeã da Europa, cumpriu.

A Alemanha eliminou a Itália num jogo com emoção a rodos que é uma página na história recente do hóquei em patins germânico. Desde cedo se viu uma Alemanha personalizada e o golo de Sérgio Pereira, a inaugurar o marcador aos 10 minutos, surgiu naturalmente.

O luso-germânico Sérgio Pereira contribuiu com um hat-trick

A Itália manteve-se fiel ao seu hóquei com pouca velocidade e, a três minutos do intervalo, Tataranni restabeleceu a igualdade. Mais uma vez, parecia funcionar… E, quando Verona voltou a empatar antes do descanso, depois de Karschau fazer o 1-2 parecia que a estratégia de Mariotti, mais cedo ou mais tarde, ia voltar a redundar em vitória.

Mas os alemães tinham um sonho. E acreditavam. E, fundamentalmente, fizeram por isso.

Ao intervalo, Massimo Mariotti trocou o titular Gnata pelo suplente Barozzi, que acabou por ser infeliz perante a eficácia germânica. Ao terceiro e quarto da Alemanha – ambos por Karschau – responderam logo Ambrosio e Tataranni mas depois os germânicos fugiram no marcador.

Peinke selou praticamente a partida com o 4-7 a dois minutos do fim

Sérgio Pereira juntou mais dois golos ao que marcara na primeira metade – ainda falhou um livre directo – e Yannick Peinke fez de livre directo o 4-7 a dois minutos do fim. E, aí, os italianos já corriam. Corriam e lutavam por todas as posses de bola – quando querem, fazem-no bem – mas não conseguiram melhor do que reduzir para o 6-7 que seria definitivo.

Os alemães protagonizaram a segunda grande celebração do Mundial depois da vitória austríaca sobre o Brasil e estão com mérito nas meias-finais.

Segue-se a Espanha. Os alemães acreditam…

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade