Dois jogos de suspensão por descontos de tempo sem máscara

As medidas contra a pandemia vão aliviando um pouco por toda a parte, mas em Espanha, na OK Liga, mantém-se um rigor, quiçá, exagerado. Xavier Garcia, treinador do Palafrugell, foi suspenso dois jogos por estar sem máscara nos descontos de tempo.

Dois jogos de suspensão por descontos de tempo sem máscara

A 8 de Fevereiro, o Palafrugell conquistou em Sant Sadurni importantes três pontos na luta pela manutenção, apesar da equipa alvinegra não largar a lanterna-vermelha.

Xavier ("Xevi") Garcia logrou derrotar um Noia que ainda só perdeu outras duas partidas (com Manlleu e Barcelona), mas, no decorrer da partida, nas indicações nos descontos de tempo, esquecer-se-ia de colocar máscara, algo exigido pelo protocolo de competição em Espanha.

A 24 de Fevereiro, o Conselho de Disciplina deliberava dois jogos de castigo, mas o Palafrugell recorreu. Em declarações, o técnico reconheceu a falha e até aceitaria uma sanção pecuniária, mas considerou o castigo de suspensão claramente desadequado. No entanto, esta sexta-feira, o Comité Nacional de Apelação, que analisa os recursos, confirmou o castigo, e o técnico falhará as partidas com Girona, já este domingo, e Caldes.

Esta é a segunda vez que a disciplina visa o Palafrugell com mão pesada, depois de Jordi Pinsach ter sido castigado com quatro jogos de suspensão depois de uma escaramuça na recepção ao Girona na primeira volta, num dérbi gironino que agora se repetirá. Sem Xevi no banco.

Recorde-se que em Portugal, o uso de máscara é também obrigatório no banco, com a ressalva de que "durante o jogo, o treinador principal poderá não utilizar máscara sempre que esteja em pé, de forma a poder dar indicações, (...)", não havendo indicação expressa relativamente ao momento de proximidade do desconto de tempo.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Três grupos fecham contas e, talvez, a agenda dos quartos-de-final

Três grupos fecham contas e, talvez, a agenda dos quartos-de-final

As contas de três dos quatro grupos da Taça WSE são encerradas este sábado, podendo ser já conhecido, mesmo com um jogo por realizar, todo o alinhamento para uns quartos-de-final em que estará a Juventude de Viana.

Aposta reiterada em Pedro Figueiredo e Carlos Correia

Aposta reiterada em Pedro Figueiredo e Carlos Correia

Pedro Figueiredo e Carlos Correia são os escolhidos para apitar o Clássico entre Benfica e Porto. Uma semana depois de terem arbitrado o Sporting em Barcelos, vêem a confiança - e a aposta - reforçada.