Jordi Mendez chega aos 50

Com um golo no empate a cinco frente ao Bassano, Jordi Mendez, atacante catalão do Lodi, chegou aos 50 golos na presente temporada da Serie A1. Nas 25 jornadas disputadas, só ficou em branco em duas.

Jordi Mendez chega aos 50

Não seria inédito que um jogador da Serie A1 chegasse aos 50 anos (recorde-se o caso de longevidade de Crudeli), mas é de golos que se trata. O catalão Jordi Mendez chegou, este sábado, aos 50 golos na presente edição da Serie A1, principal campeonato italiano.

Vice-campeão do Mundo de Sub-20 em 2017, na China, Jordi Mendez irrompeu pelo Hóquei em Patins de alto nível com uma extraordinária temporada de 2019/20, com 31 golos em 25 jogos ao serviço do Igualada. Destacando-se seis golos de uma vez, na vitória em Taradell por 6-9, mas todo o seu percurso tornavam o "salto" para outro patamar inevitável.

Em 2020 chegava ao campeonato italiano e dificilmente podia desejar melhor temporada, tendo particular preponderância na conquista da Serie A1 e Coppa Italia, a primeira "dobradinha" da história dos "giallorossi".

Na Serie A1, Mendez contribuiu na pretérita temporada com 41 golos na fase regular e 15 no play-off para o sucesso do Lodi, no encalce de um afirmado Federico Ambrosio, no Forte, que lograria um total de 64.

Esta temporada, no Bassano (de malas feitas de volta a Forte dei Marmi no fim da época), Federico Ambrosio "só" leva 30 golos, tendo também marcado um este sábado, no duelo entre Lodi e Bassano.

O duelo da penúltima jornada terminou com uma igualdade a cinco, com o Bassano a chegar a uma vantagem de três golos, mas a ter de suar para conquistar um ponto depois do Lodi ter virado para 5-3. Na reviravolta do Lodi, Jordi Mendez "picou o ponto" com o segundo golo.

Aos 23 anos, Mendez está estratosférico na arte de fazer abanar as redes, ainda que na equipa de "Gigio" Bresciani o também catalão Enric Torner, com 33, e os outros dois habituais titulares, D'Anna e Greco, com 18 cada, não tenham registos de menosprezar.

Jordi Mendez lidera a lista de marcadores da Serie A1 com 50 golos, à frente de Giulio Cocco, ex-Porto, com 39 golos, mais quatro que Andrea Malagoli, seu colega no Trissino, que fecha o pódio dos goleadores. Em 25 partidas para o campeonato, o atacante catalão do Lodi só ficou em branco nas duas derrotas frente ao líder Trissino, "vingando-se" frente ao lanterna-vermelha Matera, com 12 golos repartidos pelos jogos da primeira e segunda volta.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Edu Castro na 'cadeira de sonho' até 2024

Edu Castro na 'cadeira de sonho' até 2024

O Barcelona anunciou a renovação de contrato do treinador Edu Castro. A 'cadeira de sonho' dos treinadores de Hóquei em Patins fica, para já, ocupada até 2024.

Trissino confirma 1º lugar

Trissino confirma 1º lugar

O percurso do Trissino na Serie A1 foi excepcional... até dada altura. O 1º lugar na fase regular - e o 'factor casa' para o play-off - só ficou confirmado este fim-de-semana, a uma jornada do fim.

Benfica não facilita e aproxima-se do pódio

Benfica não facilita e aproxima-se do pódio

No fecho da 23ª jornada, o Benfica venceu o Marinhense, na Marinha Grande, por 0-5 e está agora a apenas dois pontos do 3º lugar, que é do Óquei de Barcelos. A equipa da 'cidade vidreira' tem a manutenção complicada...

OK Summer Camp na sua 5ª edição

OK Summer Camp na sua 5ª edição

Este ano, os 'campus' de férias em geral estão de regresso em força, e os de Hóquei em Patins em particular. A Norte, o OK Summer Camp by AMG Roller vai para a sua 5ª edição.