«Estamos com a energia e o caráter que é necessário para estes play-offs»

Pese a derrota (nos penáltis), Nuno Resende revelou-se satisfeito com o desempenho e momento do Benfica, confessando que no prolongamento houve uma aposta na ida ao desempate por grandes penalidades.

«Estamos com a energia e o caráter que é necessário para estes play-offs»

A derrota no primeiro jogo das meias-finais vale ao Benfica uma desvantagem inicial na eliminatória com o Sporting, mas o treinador Nuno Resende ficou agradado com a exibição da sua equipa.

De uma "excelente primeira parte" a "uma perspetiva importante do estado de forma da equipa" depois de um momento menos bom, o técnico frisou que as diferenças para uma equipa que tem dominado o Hóquei em Portugal e na Europa estão mais esbatidas. "Há um sentimento de frustração, mas, ao mesmo tempo, um sentimento de que muita coisa foi bem feita. Sabíamos que não era fácil. Não perdemos o jogo, empatámos. Perdemos nos penáltis", apontou. E, na sua pista, com o apoio do público, quer chegar rapidamente ao empate na série.

Quanto a este primeiro jogo, Nuno Resende assumiu uma atitude de contenção na segunda parte e no prolongamento. "Nós não criámos muito, mas também não foi uma intenção total nossa resolver o jogo aí", referiu quanto ao tempo extra, apostando nas grandes penalidades, que vê como um momento de inspiração de quem tenta marcar e de quem tenta defender. "Eles foram mais inspirados e conseguiram ter mais eficácia nessa acção", lamentou.

Sporting e Benfica voltam a defrontar-se no dia 4 de Junho, na Luz, no segundo jogo destas meias-finais.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
«Bola parada acaba por repôr alguma justiça»

«Bola parada acaba por repôr alguma justiça»

O Sporting passou quase 42 dos regulamentares 50 minutos do primeiro jogo das meias-finais em desvantagem, mas não deixou de 'carregar' e foi recompensado. Para Paulo Freitas, o 'pormenor da bola parada' trouxe justiça.

Hat-trick de Neves na manutenção do Sandrigo e despedida de Cacau

Hat-trick de Neves na manutenção do Sandrigo e despedida de Cacau

O Sandrigo garantiu a manutenção na Serie A1 ao vencer o Monza. Diogo Neves assinou um hat-trick no jogo de despedida das pistas de Cacau. O internacional brasileiro representou Portosantense, Nortecoope, Óquei de Barcelos, Benfica e Sporting.