Diferenças expostas na nona Supertaça do Benfica

Frente a um Sporting em renovação, o Benfica venceu a sua nona Supertaça Feminina consecutiva com uma vitória por 6-2. Depois da vitória no masculino, as águias são o primeiro emblema a ostentar as duas Supertaças em simultâneo.

Diferenças expostas na nona Supertaça do Benfica
Foto de capa: Sport Lisboa e Benfica - Modalidades

O Benfica arrecadou a nona Supertaça consecutiva no feminino ao vencer o Sporting por 6-2.

Em Vila Franca de Xira, as diferenças que este defeso clivaram ficaram bem patentes nos minutos iniciais. Com pouco mais de três minutos jogados, Marlene Sousa e Maria Sofia Silva davam uma vantagem de dois golos às águias, margem que permitia gerir o desenrolar do encontro.

O Sporting reagiu. Sofia Moncóvio teve oportunidade de reduzir numa grande penalidade e, a três minutos do intervalo, Margarida Florêncio esbatia mesmo a diferença no marcador.

No entanto, após o reatamento, Marlene Sousa repôs os dois golos de distância, alargada com novo golo de Maria Sofia Silva e dois da chilena Catalina Flores. A oito minutos do fim, o 6-1 no marcador (que igualava a maior vitória das águias, de Março de 2021, sobre o rival) era garante de mais uma conquista e as encarnadas "levantavam o pé". O Sporting de Ricardo Pereira não lograria melhor do que reduzir por Inês Florêncio, mas sem beliscar o triunfo das águias.

Desde 2013, o Benfica conquistou todos os troféus nacionais em disputa, menos a Taça de Portugal desse mesmo ano, ganha pela Sanjoanense com uma tal Marlene Sousa. O pecúlio encarnado conta agora nove Campeonatos, nove Supertaças e oito Taças de Portugal.

Com esta conquista, o Benfica reforça o seu recorde na competição, distanciando-se dos seis triunfos de Centro Desportivo Nortecoope e quatro da Fundação Nortecoope. Em 26 edições, Sintra e Lobinhos (estes os vencedores antes do Benfica açambarcar todas as últimas edições) venceram por duas vezes e Vila Boa do Bispo, Académica da Amadora, Carvalhos, Gulpilhares e Turquel também têm o seu nome inscrito na galeria de vencedores.

Entre Supertaças, pela primeira vez na História a conquista do feminino está lado-a-lado com a do masculino com um mesmo vencedor. A equipa de Paulo Almeida tem feito a sua parte, mas os masculinos só no passado fim-de-semana garantiram uma conquista que lhes escapava desde 2012. O duplo triunfo acaba por ser reflexo de um investimento paralelo nas duas categorias que não existe nos outros "grandes". E até a aposta recente do Sporting parece desvanecer-se...

Quem pára as águias?

No plano teórico, a hegemonia das águias no feminino está para durar. As eneacampeãs nacionais fizeram ajustes pontuais no plantel, saindo as jogadoras que somavam menos minutos, e têm mostrado serviço. Na nova Elite Cup, venceram o Académico da Feira por 5-1 nas meias-finais e o CACO na final por 6-1. Às vitórias concludentes sobre os 3º e 4º classificados do último Campeonato, seguiu-se agora a vitória na decisão da Supertaça por 6-2 sobre um Sporting vice-campeão.

Para a semana, arranca o Campeonato Nacional, com as águias a jogarem em Turquel. A equipa da Aldeia do Hóquei conta, entre outras, com a guarda-redes Cláudia Vicente e as gémeas Rita e Rute Lopes, todas ex-Sporting, e deverá assumir-se como a principal adversária da equipa de Paulo Almeida esta temporada. Será precipitado tirar conclusões no jogo da ronda inaugural da primeira fase, mas dará para aquilatar da competitiva das turquelenses.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Benfica vence dérbi, Tomar 'empata' Oliveirense

Benfica vence dérbi, Tomar 'empata' Oliveirense

O Benfica entrou da melhor maneira no Campeonato PLACARD ao vencer em Paço de Arcos. Mas o primeiro líder é o Braga, num dia inaugural marcado pelo empate entre Oliveirense e Tomar. Este domingo, há Clássico entre Sporting e Porto.

Trissino e Valongo no habitual tira-teimas da Liga Europeia

Trissino e Valongo no habitual tira-teimas da Liga Europeia

Na quarta vez que a Taça Continental se disputa em Final Four, há quarto embate entre os vencedores da Liga Europeia, deixando os vencedores da Taça CERS/WSE pelo caminho. Trissino e Valongo disputam este domingo o troféu.