«O balanço é negativo»

Tendo apontado à conquista do título, Vasco Vaz assumiu, sem rodeios, um balanço negativo. Num campeonato muito competitivo, faltou concentração, seriedade e competência em determinadas alturas.

«O balanço é negativo»

Não cumprido o objectivo de conquista do título, Vasco Vaz sumarizou o balanço da participação portuguesa como negativo. Num campeonato que aponto como um dos mais competitivos dos últimos anos, o seleccionador aponta falta de concentração, seriedade e de competências em determinadas alturas, numa opinião partilhada e reforçada por Miguel Henriques.

Considerando que o ambiente vivido no Aldo Cantoni não terá pesado (aludindo, com a ressalva da capacidade do palco sanjuanino, aos campeonatos com "enchentes enormes" que se disputam em Portugal), Vasco Vaz lamenta que o "factor sorte" também tenha tido a sua preponderância, atirando a equipa para o 4º lugar. E, com a competitividade demonstrada por Argentina, Itália, Espanha e Portugal, o seleccionador português reclama que se tirem ilações em favor de um modelo que promova mais embates entre estas selecções.

Este 4º lugar é, em nove participações portuguesas, a pior classificação da selecção das quinas, ficando pela primeira vez fora das medalhas. Portugal foi campeão em 2003, com Vasco Vaz ao leme, e em 2013, 2015 e 2017, sempre às ordens de Luís Duarte.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Ouro sobre albiceleste nos Sub-19

Ouro sobre albiceleste nos Sub-19

A Argentina é campeã do Mundo de Sub-19 depois de vencer a Itália na final por 4-1. 17 anos depois, a albiceleste volta a triunfar em casa, desta vez num vibrante Aldo Cantoni que terá tido 7500 pessoas nas bancadas.

Espanha leva a melhor no ingrato jogo pelo bronze

Espanha leva a melhor no ingrato jogo pelo bronze

No jogo que os candidatos não querem jogar, a Espanha levou a melhor no prolongamento sobre Portugal. As duas selecções ibéricas não escaparam à sua pior classificação de sempre em Mundiais.