O Clássico espanhol pelo título, na despedida de Hélder

Barcelona e Liceo iniciam esta quinta-feira a disputa do título da OK Liga, à melhor de cinco. A final entre os dois clubes mais titulados de Espanha marcará a despedida dos blaugrana de Hélder Nunes, que procura dizer adeus com um triplete.

O Clássico espanhol pelo título, na despedida de Hélder

Arranca esta quinta-feira a final da OK Liga, principal campeonato de Espanha.

Barcelona e Liceo são as duas equipas mais laureadas na prova e defrontam-se numa final que muitos aguardavam na pretérita temporada, mas os blaugrana ficaram pelo caminho nas meias-finais, eliminados por um Reus que deu tudo. Deu tanto, que não tinha mais para dar na final e o Liceo sagrou-se campeão pela oitava vez na sua história, depois de oito títulos consecutivos (num total de 32) do rival Barcelona.

Quem do campeão tira sete...

Apesar do título logrado, o Liceo sofreu no último defeso (mais) uma tremenda sangria. Dos campeões ficaram apenas Alex Rodriguez e os galegos Dava Torres e Cesar Carballeira. Era hora de mais uma reconstrução de Juan Copa.

Matias Bridge e Francisco Torres "subiram" da equipa "B" e, mesmo sem reforços sonantes - o mais sonante foi Bruno Di Benedetto, ainda aquém do impacto dos irmãos Carlo e Roberto -, o Liceo realizou uma fase regular tranquila, terminando no 2º lugar, apenas aquém de um Barcelona que não perdeu (empatou dois jogos). Independentemente do desfecho da final, Juan Copa já é vencedor nesta OK Liga.

Já ao Barcelona, chegaram os irmãos, campeões, Carles e Marc Grau para os lugares de Aitor Egurrola e Nil Roca.

Em busca do triplete

Dominador, sem derrotas nos 26 jogos da fase regular ou nos cinco do play-off, o Barcelona abriu a temporada com a conquista da Supertaça e, na sua caminhada, venceria também a Taça do Rei.

Na decisão da "Copa", em Calafell, a equipa de Edu Castro bateu o Liceo na final, por 2-4, depois de já ter vencido, na fase regular da OK Liga na Corunha (2-3) e na cidade condal (6-1).

É com legitimas aspirações a um triplete que o Barcelona chega a esta final, procurando repetir o feito de 2017/18, quando também conquistou os três títulos entregues pela federação espanhola.

Despedida de Hélder Nunes

Esta final - em três, quatro ou cinco actos - marca a despedida, já anunciada, de Hélder Nunes do Barcelona, regressando ao Porto.

O internacional português, sub-capitão da selecção, chegou em 2019 com o melhor cartão de visita possível, depois de se ter sagrado Campeão do Mundo em pleno Palau Blaugrana, e completará quatro temporadas ao serviço dos blaugrana na concretização de um sonho assumido.

Para já, Hélder soma nove títulos, tendo conquistado três vezes a Liga Catalã, duas vezes a Supertaça, duas vezes a Taça do Rei e duas vezes - que ainda poderão ser três... - a OK Liga.

Hélder Nunes termina contrato e regressará ao Porto. Em sentido contrário, Xavi Barroso regressa ao Barcelona, naquela que pode ser a única mexida dos blaugrana.

Fica a pecha da não conquista de um título europeu, numa inusitada travessia do deserto do Barcelona. Nunca depois de 1996, sendo que Hélder ainda não estava em 2018/19 e os blaugrana não participaram em 2021/22, a lista de campeões registara quatro edições consecutivas sem o nome do Barcelona.

Já Liceo volta a estar a contas com saídas importantes, apesar de, em princípio segurar o seu activo mais importante, o treinador Juan Copa. São, para já, certas as saídas de Matias Bridge (Sandrigo), Alex Rodriguez (Voltregà), Bruno Di Benedetto (Oliveirense) e Pol Manrubia (de regresso ao Benfica após empréstimo), estando já garantidos o português Tiago Rodrigues (ex-Porto) e os galegos Pablo Cancela (ex-Follonica) e Bruno Saavedra (ex-Dominicos).

OK Liga 2022/23 - Final

• Barcelona vs. Liceo • 8.Jun, 20h45

• Barcelona vs. Liceo • 10.Jun, 19h

• Liceo vs. Barcelona • 15.Jun, 20h30

• Liceo vs. Barcelona • 17.Jun, 20h (se necessário)

• Barcelona vs. Liceo • a definir, se necessário

AMGRoller

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Eficácia de Nicolia vence reacção do Sporting

Eficácia de Nicolia vence reacção do Sporting

O Benfica venceu o primeiro jogo da final do Campeonato Placard frente ao Sporting. As águias adiantaram-se, os leões reagiram e o jogo seguiu para um prolongamento em que Carlos Nicolia decidiu com dois livres directos.