Notícia

Supercoppa, primeira mão

Sep 21, 2016
Paolo Virdi

Texto: Paolo Virdi

Fotos: Gabriele Baldi

Terminou 2-2 a primeira mão da Supertaça italiana, entre Amatori Lodi e Forte dei Marmi, no jogo de abertura da temporada italiana. Um empate no fim de um jogo que que o Lodi liderou: primeiro apontando o 1-0 pelo jovem talento Giulio Cocco, depois, na etapa complementar, por Ambrosio, que assinou o 2-1 parcial. A selar o empate, o protagonista foi Enric Torner, com um bis, consumado sobre o final de um grande jogo. Torner é o único espanhol que resta no Forte, depois do adeus de Pedro Gil e Pablo Cancela: um trio que logrou vencer as três últimas edições do campeonato italiano.

Enric Torner

Muito bem, o guarda-redes Català

Foi um jogo equilibrado onde, no entanto, o Forte dei Marmi esteve melhor que o Lodi: nos "giallorossi" pesou a ausência do defensor Franco Platero (em dúvida também para o jogo da segunda mão), jogador que pode dar equilíbrio à equipa de Nuno Resende. Muito bem esteve Adrià Català: o guarda-redes de Reus, na sua terceira temporada em Lodi, está a melhorar muito o seu rendimento: atenção porque entre os possíveis sucessores de Trabal e Egurrola na baliza da selecção espanhola também está o seu nome.

Adrià Català

Sábado, a segunda mão

A segunda mão da "Supercoppa" será jogada sábado, no Palaforte, em Forte dei Marmi: começa do zero e quem vencer levará para casa o troféu. Para ambos os emblemas, trata-se da terceira Supertaça que disputam: o Forte venceu o troféu numa ocasião (2014) e o Lodi saiu derrotado nas duas edições em que esteve presente.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade