Notícia

Portugueses procuram terceira seguida na CERS

Nov 04, 2016

A Taça CERS é a competição europeia com mais equilíbrio entre as três nações históricas do hóquei em patins europeu. Os clubes espanhóis já triunfaram por 15 vezes, os portugueses por 11 e os italianos por 10. E nos últimos anos, a Taça veio para Portugal.

Depois do triunfo do Sporting em Igualada (2015), o Óquei de Barcelos manteve o troféu em território português com uma conquista perante o seu público.

No arranque de uma nova edição, a tarefa das equipas portuguesas na perseguição à serie de quatro conquistas entre 1994 e 1997 não se afigura fácil.

Caminho para a primeira meia-final

Desde logo, Valongo e Paço de Arcos abdicaram da participação. E, pelo cruzamento já definido, apenas uma das duas equipas minhotas - Barcelos e Juventude de Viana - podem chegar à Final Four.

Os barcelenses, como detentores do título, estão isentos da primeira eliminatória, defrontando depois o vencedor da eliminatória - que se adivinha competitiva - entre Noia e Follonica.

Juventude de Viana e Turquel começam na Alemanha. O detentor do título, Óquei de Barcelos, está isento da primeira eliminatória.

A Juventude de Viana terá uma primeira eliminatória acessível, com os alemães do Darmstadt, prevendo-se um confronto com o Vilafranca, finalista da última edição na eliminatória seguinte.

Do mesmo lado do "quadro", e por isso a impedir uma final portuguesa, está a outra equipa lusa em prova, o Turquel, que tem boas possibilidades de chegar à Final Four. Tem um primeiro duelo germânico (com o Herringen), depois apanhará suíços (Uttingen) ou novamente alemães (Walsum). Nos quartos-de-final, é que poderão surgir os italianos de Monza ou Sarzana, ou mesmo o Genève...

Caminho para a segunda meia-final

Outros candidatos

Do outro lado do quadro, longe das equipas portuguesas até à final, estão os dois principais candidatos, a par do Óquei de Barcelos. Mas Viareggio e Vendrell defrontam-se já na primeira eliminatória e um não seguirá caminho rumo à Final Four... um caminho que ainda terá um obstáculo a ter em conta, chamado Igualada.

A outra vaga na Final Four não deverá escapar ao Caldes, pese Saint-Omer e Trissino poderem causar um amargo à equipa que na última temporada surpreendeu na OK Liga.

A segunda mão da primeira eliminatória da Taça CERS joga-se a 26 de Novembro. O culminar da competição acontece nos dias 29 e 30 de Abril, na Final Four em que se conhecerá o sucessor do Óquei de Barcelos.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade