Notícia

Liga Europeia Feminina decide-se este fim-de-semana

Mar 16, 2018

É dado esta sexta-feira, em conferência de imprensa, o pontapé de saída para a Final Four da edição desta temporada da Liga Europeia feminina. Domingos Almeida Lima, vice-presidente para as modalidades do anfitrião Benfica, Fernando Claro, presidente da Federação de Patinagem de Portugal (FPP) e Fernando Graça, presidente do Comité Europeu (CERS-RH), dão as boas-vindas a Benfica, Gijón, Stuart e Voltregà.

Voltregà (5), Gijón (4) e Benfica (1) totalizam 10 títulos nas 11 edições da prova. A Stuart estreia-se numa Final Four.

As quatro equipas disputam sábado e domingo o título europeu no Pavilhão Fidelidade, complexo desportivo da Luz, procurando enriquecer um currículo já recheado como Voltregà (já com cinco conquistas) e Gijón (quatro), repetir uma vitória histórica, como a do Benfica em 2015, que furou a hegemonia espanhola, ou conquistar um troféu inédito, como a Stuart, que pela primeira vez marca presença na Final Four europeia.

Voltregà, Gijón e Benfica conquistaram, em conjunto, 10 das 11 edições já realizadas, faltando apenas o Alcorcón, campeão em 2014, para que estivessem presentes na Luz todos os vencedores da prova.

Percurso

O Voltregà, vencedor das duas últimas edições, ficou isento na primeira ronda, mas não se livrou de um susto nos quartos-de-final. Em casa, empatou 4-4 frente ao Iserlohn, sendo obrigado a resolver na Alemanha, mas pela diferença mínima (2-3). Nas meias-finais, a equipa que é orientada por Beto Borregàn, defronta o Benfica.

O Benfica decidiu a passagem à Final Four na primeira ronda, porque os "quartos" foram uma formalidade. Após derrota por 1-0 em Palau-solità i Plegamans, as encarnadas igualaram a eliminatória na Luz. E a passagem, frente às catalãs, só foi selada nas grandes penalidades (5-3). Na antecâmara da Final Four, as italianas do Estrellas Molfetta foram "atropeladas"... 15-2 na Luz e 2-10 em Itália não deixam dúvidas sobre a supremacia das águias.

Nas meias-finais, Benfica e Voltregà jogam às 15h e Stuart e Gijón às 18h.

Na outra meia-final de Lisboa vão encontrar-se a Stuart e o Gijón. Em estreia na Liga Europeia, as portuguesas não sentiram dificuldades de maior e deram firmes passos rumou à Final Four. As alemãs do Bison-Calenberg foram "despachadas" com vitórias por 10-1 e 2-10 e perante umas respeitáveis francesas do Noisy Le Grand - que em 2014 chegaram mesmo à final - resolveram logo além-fronteiras, com uma vitória por 2-7 em França. Em Massamá, o empate (3-3) foi suficiente.

O Gijón, que em 2017 sofreu um duro revés ao falhar o título perante o seu público, chega a esta final com o único percurso 100% vitorioso. Triunfos por 4-10 e 11-1 frente às francesas do Mèrignac e por 5-1 e 2-6 frente às catalãs do Bigues i Riells colocaram as asturianas em mais uma Final Four.

Figuras

A Final Four da Liga Europeia reúne na Luz algumas das principais estrelas do hóquei patinado feminino. Desde logo as mais concretizadoras em cada um dos conjuntos que procuram o ceptro europeu.

Em Portugal, realizaram-se apenas duas das 14 jornadas da fase final do campeonato, mas - com os jogos da primeira fase - Marlene Sousa já tem um pecúlio impressionante. A capitã da Selecção Nacional soma 52 golos em 16 jogos, mais 25 que Rita Lopes, segunda melhor marcadora das encarnadas e terceira melhor do Nacional. Já com uma derrota na fase final, a Stuart de Andreia Barata e Débora Gonçalves, tem Tânia Freire ("Pulga"), com 15 golos, e Rita Paulo, com 14, as suas melhores marcadoras.

Esta é a terceira presença do Benfica na Final Four. Ganhou em 2015 e caiu nas "meias" em 2017.

Entre as representantes espanholas, cuja selecção é bicampeã do Mundo, não faltam nomes sonantes.

Ao cabo de 17 jornadas - de um total de 26 - na OK Liga, o Voltregà é terceiro, a três pontos do líder Manlleu, contando com a pontaria de Adriana Gutierrez e Natasha Lee, com 12 golos cada. No Gijón, orientado por Rúben Muñoz e segundo com mais um ponto que o Voltregà, Sara Lolo e a argentina Julieta Fernandez somam 13 remates certeiros. Mas, à atenção de todas as guarda-redes, a argentina chegou apenas em Dezembro e chegou aos 13 golos em apenas seis jogos. Maria Diez (12 golos) e Anna Casaramona (10), atravessaram períodos de lesão, mas regressaram a tempo de reforçar o Gijón - que detém o melhor ataque e melhor defesa no campeonato interno - para esta Final Four.

Beto Borregan e Paulo Almeida, agora treinadores de Voltregà e Benfica, reeditarão duelos dos tempos em que brilhavam como jogadores.

Para além da presença de algumas das principais figuras do Hóquei em Patins feminino a nível mundial, destaque para o encontro de dois mitos do masculino. Beto Borregan e Paulo Almeida, que fizeram carreira e somaram títulos no Barcelona, Benfica e Barcelos e nas respectivas selecções de Espanha e Portugal, encontram-se agora no banco, e nas meias-finais, no encontro entre Benfica e Voltregà. Paulo Almeida (49 anos) é o treinador do Benfica desde que a equipa foi iniciada em 2012 e Borregan (41) assumiu o comando técnico do Voltregà na temporada passada.

Árbitros

Com duelos entre representantes portugueses e espanhóis, o CERS-RH indicou árbitros franceses Pascal Hanras e Stephane Rizzotti e os italianos Joseph Silecchia, Claudio Ferraro, Massimiliano Carmazzi e Filippo Fronte. As nomeações para cada partida só deverão ser conhecidas algumas horas antes do seu início.

Calendário

Esta será a terceira decisão da prova em Portugal, depois de Mealhada (2008) e Almargem do Bispo (2012). Antes da escolha da candidatura do Benfica esta temporada, a prova decidiu-se cinco vezes consecutivas em Espanha.

A meia-final entre Benfica e Voltregà joga-se a partir das 15h deste sábado, seguindo-se a segunda "semi", entre Stuart e Gijón, a partir das 18h. A final está agendada para as 18h de domingo.

As bilheteiras abriram esta quinta-feira exclusivamente para sócios do Benfica, estando esta sexta-feira abertas para todos os interessados. O custo para o público em geral tem o preço simbólico de 3 € para os dois dias, ou 2 € para cada um dos dias, custando metade aos sócios das águias.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade