Notícia

Hugo Santos cedido à Sanjoanense

Dec 10, 2019

Hugo Santos reforçará a Sanjoanense no que resta da temporada. A cedência a título de empréstimo foi anunciada pelo Porto de forma telegráfica, frisando que o jogador está vinculado aos dragões até 2022.

No dia 2 de Dezembro, dois dias depois do Porto ter vencido na pista da Sanjoanense por 3-9, Hugo Santos publicava na sua página de Facebook vários vídeos de golos pelos alvinegros com a legenda “remembering” (“recordando”), num prenúncio do que estaria para se concretizar.

Natural de São João da Madeira, o atacante começou ali a sua carreira antes de representar Porto, Oliveirense e Valongo. Regressaria a São João da Madeira e, em 2017, depois de se sagrar melhor marcador do Nacional de Sub-20 com a estonteante marca de 90 golos, rumaria ao Benfica.

Pela equipa “B” dos encarnados conquistou o nacional da II Divisão em 2018 e era apontado como futuro jogador da equipa principal, mas, poucos dias depois de consumado o título, rescindiria com as águias para, mais tarde, assinar pelo Porto.

Hugo Santos teria o seu espaço na equipa principal, às ordens de Cabestany, mas com poucos minutos de jogo. No passado fim-de-semana, talvez já em jeito de despedida, entrou ao intervalo e marcou dois golos. Agora, o campeão da Europa de Sub-17 (Luso, 2015) e do Mundo de Sub-20 (Nanjing, 2017) de 19 anos reencontra João Lima, ex-Porto, e junta-se ao contingente de “emprestados” de Vítor Pereira, que já conta com Xavi Cardoso, ligado ao Benfica, e Tiago Freitas e Facundo Navarro, ligados ao Sporting.

A Sanjoanense, cumpridas nove jornadas, ocupa a 11ª posição com sete pontos, um acima da linha de água. Na próxima jornada, os alvinegros deslocam-se a Almeirim para defrontar Os Tigres.

«Era na altura o plano de crescimento que o Benfica tinha para ele»

A notícia da cedência de Hugo Santos apanhou muita gente de surpresa, incluindo Pedro Nunes que era treinador principal do Benfica quando Hugo Santos representou as águias. “Registo com agrado essa transferência do Hugo do Porto para a Sanjoanense. Afinal, dois anos depois vem confirmar aquilo que era na altura o plano de crescimento que o Benfica tinha para ele”, referiu o treinador com alguma ironia.

“Infelizmente, as coisas não correram bem, como toda a gente sabe, e dois anos depois lá está ele no clube onde o Benfica na altura achava que era o melhor trajecto para ele”, sublinhou, sem lhe regatear elogios. “O Hugo é um jogador com umas características únicas no Hóquei em Patins actual. É um jogador interior, um jogador de área, um jogador que cheira o golo, mas há mais para além disso”, ressalvou.

“Nós achávamos que o desenvolvimento e o crescimento do Hugo passava por um quadro competitivo mais forte, mais denso, e achávamos que a Sanjoanense, até por ser a sua casa – se assim podemos dizer -, seria bastante interessante”, explicou Pedro Nunes.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade