Notícia

Os 12 da EHCA só vão a jogo com modelo pré-acordado

Sep 08, 2021

Descontentes com o modelo oficializado pelo comité europeu, os 12 clubes da EHCA anunciam que só participarão na Liga Europeia no modelo que alegadamente tinham pré-acordado com a World Skate. #LigaEuropeia

O sorteio da Liga Europeia - e das restantes provas europeias - está agendado para próximo sábado, 11 de Setembro, mas a incerteza mantém-se.

Depois de terem renunciado à inscrição na principal prova europeia de clubes (numa tomada de posição "furada" pelo Forte), os clubes da EHCA anunciaram um acordo para as suas equipas participarem numa Liga Europeia com dois grupos de oito equipas. No entanto, o anúncio foi unilateral e quando chegou a hora do anúncio oficial, o modelo era substancialmente diferente, com 20 participantes e uma primeira fase de quatro grupos de cinco equipas.

As 12 equipas da EHCA são Barcelona, Benfica, Caldes, Forte, Liceo, Noia, Oliveirense, Óquei de Barcelos, Porto, Reus, Saint-Omer e Sporting.

As reacções foram surgindo do lado dos clubes espanhóis da EHCA. Edu Castro, treinador do Barcelona, mostrou-se descontente com o modelo anunciado e, Emilio Fernandez, vice-presidente do Liceo avançava desde logo a possibilidade de não participação.

Agora, a EHCA concretiza em comunicado a ameaça do vice de "los verdes" e anuncia que, desde já, não estará presente no sorteio de dia 11 e que as suas equipas só participarão no modelo de dois grupos de oito equipas a duas voltas.

O sorteio dos quatro grupos de cinco equipas está agendado para dia 11, em Paredes.

Entretanto, em declarações ao jornal diário A Bola, Agostinho Silva, presidente do comité técnico europeu, já avançara que estava preparado para uma Liga Europeia apenas com as equipas que aceitassem o modelo.

Neste braço-de-ferro, quem será mais teimoso?

O comunicado da EHCA

OS CLUBES DA EHCA SÓ JOGAM A LIGA EUROPEIA COM O FORMATO PRE-ACORDADO COM A WORLD SKATE

Os 12 clubes da EHCA mantém-se firmes na decisão de competir se for respeitado o pré-acordo feito com a WS e que serviu de mote para a inscrição das equipas na Liga Europeia 2021/2022

Os 12 clubes que integram a EHCA acordaram, por unanimidade, competir na Liga Europeia 2021/2022 só se se respeitar o formato de competição acordado com a World Skate antes da inscrição dos clubes da principal competição europeia. No caso da World Skate Europe não respeitar o acordo feito antes, os 12 clubes da EHCA vão pedir para não estar no sorteio previsto para 11 de setembro, renunciando assim o direito de participar na Liga Europeia de 2021/2022.

Depois de uma primeira decisão dos 12 clubes da EHCA de não se inscreverem na Liga Europeia 2021/2022 houve vários contactos com a World Skate (WS). Nas diferentes reuniões levados a cabo entre os representantes da EHCA e da WS, tendo posteriormente participado também a World Skate Europe (WSE) através de um comité de trabalho, deram os seus frutos, tendo havido um pré-acordo que culminou com a inscrição dos 12 clubes na Liga Europeia 2021/22.

O pré-acordo alcançado passava por disputar uma competição com um formato de Liga, de todos contra todos e jogos em casa e fora, em dois grupos de oito equipas, acabando com uma Final-Eight entre os quatro primeiros classificados de cada grupo. Este modelo seguia-se a uma eliminatória onde todas as equipas inscritas, que não tinham conseguido desportivamente a qualificação, deveriam competir e assim chegaríamos ao máximo das 16 equipas.

A vontade de diálogo da EHCA e a predisposição de procurar uma saída satisfatória para todos por parte da WS, personificada na pessoa de Francesco Zangarini e do Comité Internacional WSRH-TC, representado pelo Chairman da WS-RH Sr. Carmelo Paniagua, foi a chave para haver um consenso. Ambas as partes entenderam que o hóquei em patins era o grande ganhador.

Surpreendentemente, a 19 de agosto, a WSE-RH publicou um comunicado oficial onde apontou um formato competitivo em três fases, onde a primeira passa a ter 20 equipas, onde jogariam quatro grupos de cinco equipas, num formato de todos contra todos, mas apenas a um jogo. A EHCA manifesta o desacordo com este formato, que não satisfaz as características da qualidade do espetáculo que todos procuramos.

As 12 equipas da EHCA querem participar num modelo competitivo à altura dos tempos atuais e que corresponda às expectativas de todos os profissionais e adeptos do hóquei em patins.

Apesar de ter sido anunciado um modelo competitivo diferente do acordado, a EHCA continuou confiando em alcançar um acordo entre a World Skate e os clubes. Um acordo que permita trabalhar em conjunto na organização da Liga Europeia, com um modelo de gestão mais profissional, integrando os interesses da World Skate e dos clubes, sempre sob a alçada dos órgãos federativos internacionais.

Com essa vontade, o presidente da EHCA, o Sr. João Nuno Araújo enviou dois e-mails ao presidente da World Skate, Sr. Sabatino Acaru a 21 e 30 de agosto, aos quais não teve resposta, onde pedia uma reunião para explicar a situação e que permitisse tomar medidas oportunamente para solucionar a situação depois da total desobediência da WSE face às reuniões que se foram mantendo entre a WS e a EHCA.

Paralelamente, os 12 clubes da EHCA acordaram por unanimidade competir na Liga Europeia de 2021/2022 unicamente se for respeitado o formato da competição pré-acordado com a World Skate.

Após esta situação e não havendo resposta por parte, neste caso da WS, a EHCA informa que, sendo coerente com as suas convicções sobre o que necessita o nosso desporto e pensando no melhor para o hóquei em patins europeu, os seus 12 clubes só vão competir na Liga Europeia 2021/2022 se for respeitado o formato da competição acordado.

Em consequência e perante a falta de respeito demonstrado pela WSE à WS, se se confirmar o formato comunicado pela WSE-RH a 19 de agosto, os 12 clubes da EHCA não vão estar no sorteio previsto para 11 de setembro, renunciando assim o direito de participar na Liga Europeia de 2021/2022.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade