Notícia

Portugal dependente de cimeira franco-espanhola

Nov 19, 2021

O triunfo português sobre a Espanha acalenta a esperança portuguesa da presença na final do Europeu. Mas, ainda antes de jogar com Andorra, Portugal estará fora da final se Espanha vencer França por um ou dois golos. #Euro

A um minuto do fim do jogo com a Espanha, Portugal estava definitivamente fora da final. Depois, tudo Rafa (e a Selecção) mudou. Mas o épico triunfo luso por 9-10 não garante só por si a presença na final.

Chegados ao último dia da primeira fase, Portugal defronta Andorra já conhecendo o resultado do jogo entre França e Espanha e até pode iniciar o jogo com os andorrenhos já afastado da decisiva partida.

França e Espanha estarão desde logo na final se os espanhóis vencerem por um ou dois golos. Ou mesmo por três, mas num resultado astronómico. Tal faria com que as duas selecções somassem 10 pontos (que seria o melhor a que Portugal podia aspirar), mas sempre com melhor diferença de golos (nos jogos entre as três selecções) do que os portugueses.

Resumindo, Portugal iniciará o jogo com Andorra afastado da final se:

- A Espanha vencer por um ou dois golos;

- A Espanha vencer por três golos, mas marcando mais de 11 golos, por exemplo, por 12-9 ou 13-10.

Acordos de "cavalheiros"

No final do jogo entre Espanha e Portugal, um exaltado (e expulso) Renato Garrido alertava para a necessidade de haver um "jogo sério" entre França e Espanha.

Um resultado que sirva gauleses e espanhóis será sempre visto como um acordo entre as duas selecções, ainda que a vitória espanhola por um (como Portugal venceu a Espanha) ou dois golos (como a França venceu Portugal) tenha de ser visto como normal face a como a primeira fase tem decorrido.

A "coincidência" de um resultado que serve duas equipas deu-se, por exemplo, recentemente, na primeira fase da última edição da Liga Europeia, no jogo entre Oliveirense e Sporting. Ao segundo dos três dias, um empate entre as duas equipas apurava ambas para a Final Four e afastava desde logo o Reus. E empate aconteceu. Coincidência? Censurável? Ou o que se impunha?

O que é facto é que, em busca do objectivo de estar na final, a Espanha jogará para ganhar. E a França para, se perder, que não seja por mais de dois golos. A acontecer, será um encontro de vontades, e Portugal só se poderá queixar da paupérrima exibição e derrota com os gauleses e da "magreza" da épica vitória frente aos espanhóis.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade