Notícia

Dragões sofrem para vencer lanterna-vermelha

Dec 12, 2021

O lanterna-vermelha Sanjoanense complicou a vida ao líder Porto num arranque de ronda - com apenas três jogos - em que Oliveirense e Braga somaram importantes triunfos fora. #PrimeiraDivisão

Os extremos da classificação encontraram-se no Dragão Arena, mas um Porto líder mas que tarda em reencontrar-se com as boas exibições depois da pausa para o Europeu (onde estiveram seis dos seus jogadores) viu a sua tarefa complicada por uma Sanjoanense que só na ronda anterior somara os primeiros pontos.

Vindo de um empate em Tomar, o Porto entrou decidido, com dois golos - Carlo Di Benedetto e Rafa - nos primeiros cinco minutos, mas não conseguiu dar continuidade a esse ímpeto inicial. A Sanjoanense acertou marcações e reduziu aos 10 minutos, por Pedro Cerqueira, mas veria Carlos Ramos repor a vantagem de dois golos antes do intervalo.

O Sporting, perseguidor mais próximo dos dragões, não joga este fim-de-semana para o campeonato. Os leões anteciparam o seu jogo da Taça de Portugal e defrontam o Termas.

Na segunda parte, os alvinegros, confiantes por terem contido um Porto que muitos previam poder golear, disputaram o resultado. João Pedro Pereira reduziu no primeiro minuto e Tiago Almeida igualou a três, estavam cumpridos menos de sete minutos.

Gonçalo Alves recolocou os dragões na frente, numa grande penalidade a suscitar protestos de Vítor Pereira (advertido), mas João Pedro Pereira assinaria o 4-4 com largos 12 minutos para jogar.

Ineficaz no ataque como nas últimas partidas, o Porto ia acusando ansiedade perante o seu público, e só desatou o jogo nos três minutos finais, com um tento de Carlo Di Benedetto e um azul por protestos a um revoltado Vítor Pereira. "Sobrevivendo" ao underplay, a Sanjoanense procurou o empate sem guarda-redes nos instantes finais, mas caberia a Gonçalo Alves fechar as contas, com a baliza deserta, no definitivo 6-4 que consolida o primeiro lugar - já garantido na ronda anterior - no fecho da primeira volta.

Oliveirense regressa às vitórias

Depois de duas derrotas (ainda que o desaire frente a Óquei de Barcelos careça de confirmação), a Oliveirense regressou aos triunfos na Aldeia do Hóquei, e regressou à condição ao segundo lugar, passando Sporting e Óquei de Barcelos que não jogaram.

A equipa de Paulo Pereira chegou ao intervalo a vencer com um golo solitário de Alexandre Marques ("Xanoca") e confirmou o triunfo na etapa complementar, com um providencial golo de Jorge Silva aos 12 minutos pouco depois do Turquel desperdiçar uma grande penalidade, e outro de Marc Torra já no derradeiro minuto, de livre directo.

A vitória oliveirense dita um final de primeira volta do Turquel apenas com quatro pontos somados e a seis da primeira equipa acima da linha de água, a Juventude de Viana, que até tem menos um jogo. Há muito trabalho para João Simões na segunda metade desta fase regular...

Braga "navega" para águas tranquilas

Quem vai consolidando o objectivo da manutenção é o Braga. Na Marinha Grande, a equipa de Tó Neves somou, com um 5-8, o terceiro triunfo em quatro jogos e alcançou uns 18 pontos que até valeriam a presença na Taça 1947. Se houvesse Taça 1947.

Na recepção aos bracarenses, os primeiros sete minutos acabaram por ser fatais para a equipa da "cidade vidreira", com golos de Pedro Mendes e Vítor Hugo (dois). Os dois jogadores seriam mesmo as figuras da partida, com quatro tentos de Pedro e três de Vítor para sete dos oito golos do Braga.

Os visitantes chegaram ao intervalo a vencer por 2-4 e voltaram a ser mais eficazes no regresso dos balneários, chegando aos 3-7 com 10 minutos jogados, e o Marinhense - ainda com dois jogos por cumprir nesta primeira volta - não conseguiria melhor do que amenizar a derrota.

Na continuação da derradeira jornada da primeira volta, o Benfica joga este domingo na Parede. Também este domingo, o Sporting fará as "honras" dos primodivisionários na Taça de Portugal, nos 32-avos-de-final, na pista do Termas.

13ª jornada

• Marinhense 5-8 Braga • 11.Dez

• Turquel 0-3 Oliveirense • 11.Dez

Porto 6-4 Sanjoanense • 11.Dez

• Parede vs. Benfica • 12.Dez • 15h • João Catrapona e Paulo Carvalho

• Paço de Arcos vs. Valongo • 15.Dez • 21h

• Óquei de Barcelos vs. Tomar • 15.Dez • 21h

• Sporting vs. Juventude de Viana • 29.Dez • 21h

Jogos em atraso

• Benfica vs. Marinhense • 16.Dez • 21h

• Marinhense vs. Parede • 22.Dez • 21h

• Valongo vs. Tomar • 23.Dez • 21h

Classificação

1º Porto (34 pontos), 2º Oliveirense (29), 3º Sporting* (28), 4º Óquei de Barcelos* (27), 5º Tomar** (21), 6º Benfica** (21), 7º Valongo** (18), 8º Braga (18), 9º Paço de Arcos* (14), 10º Marinhense** (10), 11º Juventude de Viana* (10), 12º Parede** (9), 13º Turquel (4), 14º Sanjoanense (3)

*menos um jogo, **menos dois jogos

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade