Notícia

Resoluções de Ano Novo no Benfica

Jan 06, 2022

O Benfica já terá garantido três reforços para a próxima temporada (e para os próximos anos), ficando, salvo 'twists' de última hora (mas não inéditos), com a casa arrumada bem cedo. Aragonès, que não era opção, já rescindiu. #Mercado #PrimeiraDivisão

O Benfica arrancou em falso na nova temporada, com quatro derrotas nas sete primeiras jornadas do campeonato, e cedo começou a pensar na próxima temporada. E nos próximos anos.

Sem hipótese de defender a única conquista nos últimos quatro anos, a agora cancelada Taça 1947, o clube da Luz terá somado outras "vitórias": no mercado de transferências.

Nil Roca, defensor do Barcelona em final de contrato, de 24 anos e um dos primeiros alvos, já terá compromisso fechado com os encarnados, que terão também ganho a corrida a Roberto Di Benedetto, também com 24 anos, actualmente no Liceo, e protagonista de um extraordinário Campeonato da Europa. O internacional francês sagrou-se vice-campeão e foi um dos melhores do evento.

Bernardo para discutir lugar entre os postes

Também entre os postes deverá haver mudanças na Luz. Depois da saída de Marco Barros ("Tuga") no último defeso, Pedro Henriques ficou com a concorrência do ex-júnior Rodrigo Vieira, mas a opção será por um guardião com mais experiência ao mais alto nível apesar da tenra idade. Bernardo Mendes é o escolhido.

O guarda-redes internacional jovem português que começou no Sobreira já foi "namorado" pelas águias no passado, mas deverá ser no próximo defeso que o "casamento" se concretiza.

No Valongo desde muito jovem, Bernardo sagrou-se campeão da Europa de Sub-17 em 2015, no Luso, e do Mundo de Sub-20 em 2017, em Nanjing (China), ainda que, em ambas as ocasiões, não fosse primeira opção de, respectivamente, Nuno Ferrão e Luís Duarte. Nos Sub-17, o guardião tinha a valorosa concorrência de Xano Edo (hoje no Calafell, mas com contrato com o Barcelona) e, nos Sub-20, de Tiago Rodrigues (agora no Porto).

Completando 23 anos em Março, Bernardo Mendes está na equipa principal do Valongo desde 2017. Foi tendo algumas oportunidades como suplente de Leonardo Pais até 2019/20, e teria muitas em 2020/21, pese a chegada do experiente Ricardo Silva. Como na deslocação à Luz, em Março, sendo figura num empate a três.

Esta temporada tem sido de afirmação como dono da baliza da equipa orientada por uma figura lendária das balizas, Edo Bosch.

Saídas

De saída, desde já, está Sergi Aragonès, cuja rescisão foi anunciada esta quinta-feira depois de ter sido repetidamente preterido nas opções de Nuno Resende, apesar de se ter sagrado campeão da Europa ao serviço da Espanha em Novembro. Na Catalunha, fala-se que poderá estar perto do Reus.

No final da temporada, deverá partir também Carlos Nicolía, que está na Luz desde 2014. Foi o próprio internacional argentino a anunciar a partida.

O jovem guarda-redes Rodrigo Vieira, nesta sempre complicada transição para sénior, deverá procurar experiência, ainda que possa ser opção para a equipa "B" dos encarnados na II Divisão.

O desenho do Benfica para a próxima temporada, neste momento, terá Bernardo Mendes e Pedro Henriques na baliza e os jogadores de pista Daniel Oliveira ("Poka"), Diogo Rafael, Edu Lamas, Gonçalo Pinto, Lucas Ordoñez, Nil Roca, Pablo Alvarez, Pol Manrubia, Roberto Di Benedetto e Zé Miranda.

Confirmar recuperação

Entretanto, depois de sete primeiras jornadas aziagas, o Benfica somou seis vitórias consecutivas para o campeonato (cinco delas depois de uma "revigorante" pausa para o Europeu) e terminou a primeira volta no 5º lugar, a sete pontos do líder Porto.

O arranque da segunda volta foi adiado por casos de CoViD-19 na Sanjoanense e o primeiro jogo no novo ano deverá ser a deslocação a Viana do Castelo, para defrontar uma "aflita" Juventude de Viana, a 16 de Janeiro.

Na Taça de Portugal, ultrapassado o Nafarros, o Benfica defrontará o Gulpilhares nos 16-avos-de-final.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade