Notícia

«Queríamos mostrar que também somos uma boa equipa»

Apr 13, 2022

O La Vendéenne já não tinha hipóteses de apuramento para a Final Four da Liga Europeia, mas fechou a sua participação como um digno vencido, sem nunca baixar os braços. Marcos Pinto é um dos rostos de um grupo com qualidade. #Declas #Video #Euroleague

A fria análise do saldo final de seis derrotas do La Vendéenne na presente edição da Liga Europeia esconde o bom trabalho realizado pela equipa gaulesa. Os pupilos de Lucas Gaucher perderam por dois golos nos dois jogos com o Tomar e tangencialmente na recepção ao Lodi ou na pista do Trissino, que se sagraria vencedor do grupo.

Na derradeira jornada, "venderam" cara a derrota com o Tomar, sem nunca baixar os braços, e o aplauso do público no derradeiro golo - que, sabia-se, já não evitaria a derrota - foi um prémio merecido.

O La Vendéenne conta com dois vice-campeões da Europa de selecções (Erwan Debrouver e Nathan Gefflot) e quatro portugueses. A Duarte Delgado e Marcos Pinto, que se tornaram os primeiros portugueses de sempre no clube em 2018, juntaram-se os guarda-redes Carlos Silva e Luís Mateus.

Marcos Pinto é, talvez, a figura maior da equipa. As excelentes indicações dadas em Portugal ao serviço de Sintra, Oeiras e, principalmente, Os Tigres tornaram estranha a saída em 2012 para o campeonato francês. Chegou para o Ergué-Gabéric, representou Saint-Omer, Plóneur e, finalmente, La Vendéenne. E tem a vida feita em França. "Regresso a Portugal...? Só de férias", graceja.

Sobre a partida e o percurso da equipa, Marcos Pinto sublinha a vontade que havia de conquistar pontos e de mostrar qualidade, mas agora há que manter o foco de olhos postos na Taça de França - estão na Final Four que se vai disputar a 7 e 8 de Maio - e, principalmente, no campeonato.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade