Notícia

Ana Catarina ergue Supercopa com o Gijón

Sep 11, 2022

O Gijón de Ana Catarina Ferreira venceu a Supercopa. A ex-Sporting ergueu o troféu no primeiro fim-de-semana oficial pelas asturianas, numa final decidida com um golo de Marta Piquero, ex-Benfica. #SupercopaFem

Não podia ter começado da melhor maneira a "aventura" da internacional portuguesa Ana Catarina Ferreira no Gijón, conquistando a Supercopa, a Supertaça de Espanha.

Ana Catarina "apresentou-se" ao público espanhol, na Final Four em Vila-Sana, logo no primeiro jogo, ao assinar o primeiro golo oficial da temporada. A sua colega Natasha Lee ampliou no arranque da segunda parte e o melhor que o Manlleu, detentor da Taça, conseguiu foi reduzir, por Julia Canal, não impedindo o apuramento das asturianas para a final.

Na segunda meia-final, a também portuguesa Sandra Coelho, titular no Vila-Sana, não conseguiu contrariar as campeãs espanholas e europeias do Palau, em mais um "show" de Aina Florenza. A atacante de 19 anos (completa 20 no dia 18) assinou um hat-trick, incluindo os dois golos com que o Palau virou um adverso 2-3 que se registava a 14 minutos do fim.

Na decisiva partida, na reedição do duelo das últimas finais da Liga Europeia e da OK Liga, voltou a reinar o equilíbrio. Desta feita, a festa foi do Gijón, que há alguns anos conta com Nuno Canelas na equipa técnica e agora com Ana Catarina Ferreira. Marta Piquero, jogadora do Benfica em 2019/20, decidiu a partida com um golo solitário aos 13 minutos da segunda parte.

Esta foi apenas a segunda edição da Supertaça no feminino, sucedendo o Gijón ao Palau.

No próximo fim-de-semana, arranca a OK Liga Iberdrola, o mais competitivo campeonato feminino do Mundo. O Gijón estreia-se na pista do recém-promovido, mas reforçado, Fraga.

Meias-finais

• Manlleu 1-2 Gijón • 10.Set

Palau 4-3 Vila-Sana • 10.Set

Final

• Palau vs. Gijón • 11.Set

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade