Notícia

Elite Cup, a prova para os oito melhores

Jul 14, 2016

Três tarjas na Final Four de Ponte de Lima serviam de "teaser". Um torneio a reunir as oito melhores equipas do Campeonato Nacional? Repto aceite pela Associação Nacional de Clubes de Patinagem.

Esta quarta-feira, em Oliveira de Azeméis, aquele que é o palco do Europeu serviu de montra para a Elite Cup.

Rui Carvalho, presidente da ANACP, ladeado por Miguel Rocha (SL Benfica), Jorge Silva (FC Porto), Domingos Pinho (UD Oliveirense), Daniel Oliveira (Sporting CP), Miguel Vieira (OC Barcelos), Leonardo Pais (AD Valongo), Francisco Silva (AJ Viana) e Vasco Luís (HC Turquel), lançou a primeira edição da Elite Cup.

Se reunir representantes de oito clubes para uma breve apresentação seria à partida um desafio, Rui Carvalho confessou que, dada a vontade dos clubes, alguns com rivalidades assumidas, a concretização da ideia da prova acabou por ser simples.

A receita de bilheteira reverte na totalidade para uma IPSS do município. Os bilhetes têm o custo unitário de 2 euros por dia, com acesso aos quatro jogos desse dia.

Tal também só foi possível com a colaboração da Câmara Municipal de Coimbra, em parceria com a a AP Coimbra, a providenciarem todos os recursos logísticos necessários para que o Pavilhão Multidesportos Mário Mexia acolha de 16 a 18 de Setembro um evento de uma magnitude ímpar no panorama hoquistico nacional.

Os oito primeiros no mesmo evento

Competição

Com as oito melhores equipas do último Nacional da I Divisão em cartaz, todos os jogos prometem. Nos quartos-de-final, sexta-feira, o Benfica defronta o Turquel, o Porto joga com a Juventude de Viana, a Oliveirense bate-se com o Valongo e o Sporting mede forças com o Barcelos.

O fim-de-semana da Elite Cup será preenchido. Para lá dos jogos, estão previstas acções de divulgação com escolas da região e o Dia do Guarda-redes (com os guarda-redes das oito equipas presentes).

Sábado seguem-se as meias-finais para os vencedores, sendo que para os vencidos continuará a haver jogos. Num momento de pré-época estão garantidos três jogos (de duas partes de 25 minutos) a cada equipa até à definição da classificação final, de 1º ao 8º.

Jorge Silva, entusiasmado com o formato da prova, defendeu a realização desta a meio do calendário, para lhe dar mais visibilidade e para ganhar algum valor competitivo que faltará em "pré-época".

Nos jogos serão testadas algumas inovações. Haverá marcador para o tempo de ataque, um árbitro dedicado a gerir esse marcador, e uma reformulação dos descontos de tempo, que passam a ser três (um de um minuto e dois de meio minuto) e sem limite por parte.

Parceria HóqueiPT

A realização de uma prova em moldes semelhantes aos que são preconizados na "Copa del Rey" de Espanha ou na "Coppa Italia" sempre foi defendido pelo projecto HóqueiPT, e o convite da ANACP para a produção de conteúdos e cobertura do evento é uma honra e a oportunidade de mostrar mais do que pode ser feito em prol da divulgação do Hóquei em Patins.

Todas as novidades sobre esta prova - que promete - serão divulgadas no site da ANACP e no HóqueiPT.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade