Notícia

Alemanha e França disputam quinto lugar

Jul 15, 2016

A Alemanha e a França vão disputar o quinto lugar depois de vencerem respectivamente a Áustria e a Inglaterra.

Os alemães entraram primeiro em rinque, ainda a contas com os problemas na finalização, pese terem dominado o encontro. Ao intervalo venciam "apenas" por 0-1, e teve de ser um auto-golo a trair a estratégia de João Meireles e o guarda-redes austríaco Roman Mohr. Antes defendera duas grandes penalidades...

Sérgio Pereira foi decisivo no arranque da segunda parte

Na etapa complementar, os germânicos encontraram finalmente o caminho para o golo, apontado por Sérgio Pereira. O luso germânico fez o 0-2 num tiro praticamente da linha de meia pista e ampliou para três golos de vantagem num livre directo superiormente executado.

Foi um dos cinco livres directos assinalados a favor da Alemanha nesta segunda parte. Sérgio marcou e Lucas Karschau fez o mesmo, mas a eficácia ficou abaixo dos 50%. Nas grandes penalidades, foi pior. Os alemães foram três vezes para a marca de castigo máximo e não transformaram nenhuma em golo.

Kevin Karschau marcou três golos... mas só na segunda parte

Sérgio e Lucas terminaram o jogo com dois golos, Kevin Karschau fez ainda melhor e assinou um hat-trick. Kai Milewski e Benjamin Nusch apontaram os outros dois golos.

França temeu por nova (e ainda maior) "surpresa"

Na disputa pelo melhor lugar na segunda metade da tabela, os alemães vão defrontar a França. Os franceses venceram a Inglaterra por 5-2, mas não sem terem bem presente a "surpresa" da véspera.

Com "Tommy" Allander em muito bom plano na baliza, e um quarteto defensivo afinado à frente deste, a equipa de José Carlos Amaral chegou ao intervalo a vencer por 0-1, fruto de uma grande penalidade transformada por Alexander Mount.

O jovem guarda-redes inglês esteve à altura e é uma certeza para o futuro

Na etapa complementar manteve-se a toada. A França a atacar e a Inglaterra bem fechada, salvaguardada pelo seu inspirado guarda-redes de 18 anos. Mas, aos nove minutos, tudo desmonorou para a equipa inglesa. Com a França à beira da 10ª, foram os ingleses que lá chegaram primeiro, permitindo a Carlo Di Benedetto empatar.

E, foi com nove faltas que a França deu a volta, por Bruno Di Benedetto, e garantiu a vitória, com dois golos de Florent David.

Foi respeitado um minuto de silêncio nas partidas, em memória das vitimas do atentado de Nice. A França alinhou com fumos negros.

Já com o resultado em 4-1 que, a menos de seis minutos do final, ditava o vencedor, é que a França cometeu a sua décima falta. Alexander Mount bisou e reduziu para 4-2, mas já era tarde. Os franceses, com redobrada confiança, ainda chegariam ao 5-2, com Carlo Di Benedetto a colocar o ponto final na partida.

Alemães e franceses vão reeditar o jogo inaugural do campeonato. Na altura, os franceses venceram por 2-3, com golos de Carlo Di Benedetto (2) e Florent David. Para a Alemanha marcou Lucas Karschau.

As derrotadas Áustria e Inglaterra foram relegadas para a disputa do 7º lugar. As duas equipas que reforçaram o cartaz do Europeu - não estiveram presentes em Alcobendas, 2014 - vão fechar a classificação.

Na fase de grupos, a França venceu a Alemanha por 2-3
Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade