Notícia

Um remate sem defesa possível...

Jan 15, 2020

Énio Abreu não resistiu e faleceu esta quarta-feira.

Internado desde 15 de Dezembro no Funchal, onde se deslocara para alinhar pela equipa “B” do Paço de Arcos frente ao Marítimo, o guarda-redes não resistiu mais, depois de ter lutado para lá do que os médicos consideravam possível. O que começou por ser uma gripe escalou a uma pneumonia e a uma infecção generalizada...

Para apoiar a família que se deslocou à Madeira para acompanhar Énio, acabado de completar 20 anos, na sua luta, o mundo do Hóquei uniu-se em várias acções solidárias, tendo como ponto alto o dia promovido pelo Paço de Arcos para angariação de fundos.

Esta quarta-feira, o Paço de Arcos divulgou a notícia que ninguém queria receber…

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade