Notícia

Fim-de-semana de Coppa Italia

Apr 16, 2022

Disputa-se este fim-de-semana a Final Four da Taça de Itália. Sarzana, Lodi, Forte e o Follonica do português Sérgio Silva estão na corrida à Coppa, segundo troféu transalpino oficial da temporada. #CoppaItalia

Em Setembro, o Forte conquistou o primeiro troféu oficial da temporada transalpina ao derrotar o Lodi na Supercoppa. Agora, antes de se iniciar a disputa do play-off que decidirá o novo campeão, as atenções viram-se para a Coppa.

O Forte tinha em agenda a participação na oficiosa Golden Cup, mas o apuramento para a oficial Taça de Itália levou a que as prioridades fossem revistas. E não só a equipa do ex-sportinguista Pedro Gil abdicou da participação na festa de aniversário do Liceo, como se dispôs a organizar, pelo segundo ano consecutivo, a festa do Hóquei em Patins italiano.

A equipa agora orientada por Marc Gual conta apenas uma Coppa no seu palmarés, conquistada em 2017. A derrota na última temporada, para o rival Lodi (que lograria uma inédita "dobradinha") foi um rude golpe de que tentarão agora redimir-se.

A Taça de Itália disputa-se desde 1966, então conquistada por um dominador Novara, ainda recordista de triunfos - com 20 - apesar de ter erguido o troféu pela última vez em 2002.

O segundo emblema com mais triunfos na prova, é o Follonica, com nove. Seis deles foram conseguidos consecutivamente de 2005 a 2010, tendo o agora treinador - e então esteio defensivo - Sérgio Silva contribuído na conquista de duas Coppas, em 2006 e 2007. De resto, o internacional português voltaria a conquistar a Coppa em 2013, ao serviço do Valdagno, e em 2015, pelo Breganze.

O Follonica defronta na segunda meia-final o Forte, procurando o anfitrião de lograr algo que ainda não conseguiu esta temporada: vencer a equipa de Sérgio Silva. Na primeira volta da Serie A1, houve empate a dois em Forte dei Marmi, e, na segunda, o Follonica venceu por 2-1.

Antes, na primeira meia-final, entram em pista Sarzana e Lodi.

O Sarzana de Mirko Bertolucci surpreendeu ao eliminar o Trissino nos quartos-de-final, mas surge nesta Final Four sem ter conseguido segurar um lugar nos oito primeiros da fase regular, tendo de disputar uma eliminatória preliminar com o Grosseto para a ver quem defronta o Lodi nos "quartos" do play-off. Por outro lado, está na Final Four da Liga Europeia...

O Sarzana é o único dos emblemas na corrida à Coppa que não têm já um exemplar nas suas vitrines, sendo que o melhor que conseguiu foi chegar à final em 2019.

O adversário, o Lodi, é o detentor do troféu. Conta quatro conquistas, três delas nos últimos 10 anos, e, nas duas vezes anteriores que a prova se decidiu em Forte dei Marmi, foram mesmo os "giallorossi" a erguerem o troféu. Em 2016, derrotaram na partida decisiva o Bassano, e, em 2021, o Forte.

Quartos-de-final

• QF1 • Trissino 3-4 Sarzana • 9.Mar

• QF4 • Lodi 5-2 Vercelli • 9.Mar

• QF2 • Forte 6-0 Bassano • 16.Mar

• QF3 • Follonica 5-2 Grosseto • 23.Mar

Meias-finais

• MF1 • Sarzana vs. Lodi • 16.Abr • 18h

• MF2 • Forte vs. Follonica • 16.Abr • 21h

Final

Vencedor MF1 vs. Vencedor MF2 • 17.Abr • 21h

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade