Segundo 'dérbi capital' deu empate

Ainda é cedo num Nacional Feminino a três fases, mas o Sporting mostrou crescimento no segundo dérbi com o Benfica. Na Luz, deixaram escapar uma vantagem de dois golos e o triunfo perto do final.

Segundo 'dérbi capital' deu empate
Foto de capa: Sport Lisboa e Benfica - Modalidades

A vitória das águias no primeiro "dérbi eterno" da temporada, por 0-4, mostrara um Sporting ainda em modelação por Nuno Pinto, naquele que inclusivamente seria o primeiro jogo das leoas na nova temporada.

Em novo reencontro entre os "velhos rivais", o Sporting mostrou outros processos e logrou um empate na Luz, a primeira perda de pontos das águias, escapando o triunfo num livre directo nos derradeiros instantes da partida.

O Sporting entrou melhor na partida e as gémeas Rute Lopes e Rita Lopes aos seis e 11 minutos para uma vantagem de dois golos que as leoas iam justificando e que obrigava o Benfica a ir atrás do resultado.

Aos 14 minutos, Beatriz Figueiredo, com mais preponderância nas águias esta temporada, reduziu, mas o Benfica não conseguiu evitar recolher aos balneários em desvantagem.

Na etapa complementar, a equipa de Paulo Almeida, mostrou outra face e outra atitude e virou o jogo. A mesma Beatriz Figueiredo igualou aos quatro minutos e a chilena Cata Flores, ausente no primeiro dérbi e que já assistira para o segundo das águias, consumou a reviravolta a sete minutos do fim.

O golpe anímico foi bem aparado por Nuno Pinto e pelas leoas, que foram em busca da igualdade. Conseguiram-na, a dois minutos e meio do final, por Sofia Moncóvio, e ficaram mesmo perto de poder reclamar os três pontos do triunfo na Luz, quando as encarnadas cometeram a 10ª falta a quatro segundos do final. Rute Lopes não conseguiu bater Maria Celeste Vieira.

Este empate permite desde já, com uma partida por realizar, que o Benfica garanta matematicamente a vitória na Zona Sul da primeira fase do campeonato, ainda com pouca relevância do ponto de vista do desfecho final da prova.

Nas outras Zonas desta primeira fase, o Académico da Feira lidera a Norte, com sete vitórias em outros tantos jogos, e a Sanjoanense a Centro, também sem derrotas, mas com um empate - com a segunda classificada, Académica - em oito partidas.

Partilhe

Facebook Twitter AddToAny
Outros artigos do dia
Taça 1947 cancelada

Taça 1947 cancelada

A Taça 1947, cuja II edição estava calendarizada para Janeiro, está cancelada. As medidas de combate à pandemia deliberadas governamentalmente para a primeira semana de Janeiro são apontadas como motivo pelo Comité Técnico da federação portuguesa.

«Reduzimos e acho que nos deslumbrámos»

«Reduzimos e acho que nos deslumbrámos»

No final da partida com o Benfica, André Luís, treinador do Paço de Arcos, lamentou o 'deslumbramento' após o tento conseguido, mas a derrota não belisca o objectivo de manutenção. O plantel tem qualidade e dá garantias, frisaria.