Notícia

Renovado Estado de Emergência frustra planeamento optimista

Feb 12, 2021

A renovação do Estado de Emergência e das medidas de confinamento impossibilitam o desejado regresso à competição das II e III Divisão no Carnaval. E a data limite de 8 de Março para que haja nacionais jovens é cada vez mais uma impossibilidade. #CoViD19

A 15 de Janeiro foi decretado um novo confinamento e a Federação de Patinagem de Portugal reuniu logo no dia seguinte com as equipas das II e III Divisão para definir o novo planeamento. Em agenda, numa projecção claramente optimista, ficou o regresso à competição no fim-de-semana de 19 a 21 de Fevereiro, com o reatamento das jornadas atrasadas dos campeonatos nacionais das categorias inferiores e Sub-23 que estavam previstas, num planeamento já revisto, para o mês de Janeiro.

Agora, a renovação do Estado de Emergência e das medidas até 1 de Março, compromete esse reatamento. E, segundo as palavras do Primeiro-Ministro António Costa, todo o mês de Março poderá estar em causa. "Durante o mês de Março vamos ter de manter um nível de confinamento muito semelhante a este", vincou em conferência de imprensa.

Para já, por decreto, as medidas adiam mais duas semanas a possível retoma que, num cenário idílico, a acontecer a 1 de Março, teria logo para o fim-de-semana seguinte previstos os 16-avos-de-final da Taça de Portugal, esperando-se que venha a ser alvo de replaneamento.

Fora do prazo desta renovação, está a data de 8 de Março, apontada como "dealine" para o reatamento das actividades dos escalões de formação tendo em vista a realização dos respectivos campeonatos nacionais. Realisticamente, a data não será cumprida.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade