Notícia

Castigo para Nicolía e Dominguez, (outra) multa para o Braga

Mar 13, 2021

Expulsos frente ao Riba d'Ave, Carlos Nicolia e Alejandro Dominguez, do Benfica, foram castigados em um e dois jogos, respectivamente. O Braga tem mais 1995 euros para pagar... #Disciplina #PrimeiraDivisão

A recta final do jogo frente ao Riba d'Ave foi aziaga para o Benfica. Um azul a Carlos Nicolia levaria Dinis Abreu para o livre directo que selaria a primeira derrota caseira das águias esta temporada. Nos protestos pelo azul, Nicolia veria o vermelho. Já após o apito final, Alejandro Dominguez também seria expulso.

O técnico encarnado é o quinto timoneiro a ser suspenso esta época, depois de Raul Meca (Riba d'Ave, dois jogos), Hugo Azevedo (Braga, 20 dias, falhando quatro jogos), Edo Bosch (um jogo) e Rui Neto (um jogo).

A suspensão será a segunda que o treinador argentino enfrenta em Portugal, mas a primeira com efeitos práticas. Alejandro Dominguez foi expulso, também após o apito final, em Paço de Arcos em Dezembro de 2019, mas o castigo de 10 dias permitir-lhe-ia regressar antes do compromisso seguinte, frente ao Sporting.

Agora, com o castigo em jogos, o técnico falha a deslocação a Famalicão - onde, com apenas bancadas opostas aos bancos, o castigo tem mesmo impacto - e a recepção ao Turquel.

No jogo frente à equipa da Aldeia do Hóquei já poderá estar Carlos Nicolía, que só falhará o duelo frente ao Famalicense. Reincidente, o argentino não teve as atenuantes de Jordi Bargalló, que, mesmo com a prevista agravante de ser capitão, "escapou" com uma repreensão após a expulsão na recepção ao Óquei de Barcelos. Noutras expulsões de jogadores, Daniel Oliveira ("Poka") e Afonso Lima também foram penalizados com uma partida de suspensão.

Braga com multa pesada

Entretanto foi também tornada pública a decisão do processo disciplinar relativo à partida entre Braga e Porto, de 30 de Janeiro.

Dados como provados os ilícitos de "ameaças e ofensas à honra, consideração ou dignidade", "entrada ou permanência em zona técnica de pessoas não autorizadas" e "comportamento incorrecto do público" que visavam o comportamento do presidente bracarense Luís Botelho, a equipa minhota foi multada em três salários mínimos nacionais. 1995 euros.

A multa constitui um recorde esta temporada, superando a de 825.50 euros... também aplicada aos bracarenses, depois do embate com a Juventude de Viana.

De resto, dos 4598.50 euros de multas desta época, o Braga tem uma fatia enorme, contribuindo com um total de 2979.25 euros, perto de dois terços.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade