Notícia

Marc Gual assume liderança do Forte

Dec 17, 2021

Vítima das más prestações da equipa, Alberto Orlandi deixa o comando técnico do Forte. O treinador até final da temporada será Marc Gual, numa estreia como técnico ao mais alto nível. #Mercado #SerieA1

Na semana em que foi conhecida a saída de Roberto Crudeli do comando técnico do Bassano, também o Forte muda de treinador em busca de resultados e exibições condizentes com o investimento feito. Marc Gual, que estava a jogar pela equipa "B", será o treinador até final da temporada.

Depois da brilhante conquista da Supercoppa, o Forte iniciou a Serie A1 com uma vitória na pista do recém-promovido Vercelli, mas depois registou dois empates (ambos a três) com Montebello e Sandrigo. Seguiram-se duas tangenciais vitórias por 4-3 na recepção ao Valdagno e na pista do Sarzana antes da pausa para o Campeonato da Europa. Mas o espírito no grupo - e dos adeptos - já não era o melhor.

De regresso à competição, a uma vitória sobre o Correggio seguiu-se um empate caseiro com o Follonica e uma pesada derrota em Trissino, por 5-1. De resto, esta derrota levaria mesmo a direcção do Forte a emitir um comunicado, não daqueles que são comuns em Portugal (culpando a arbitragem), mas pedindo desculpa aos adeptos pela fraca prestação.

A vitória por 6-5 sobre o Lodi - na reedição da Supercoppa e da final da Serie A1 da pretérita temporada - e a subida ao 3º lugar não foi suficiente para Alberto Orlandi evitar o afastamento, deixando a equipa com 18 pontos em nove jogos, a oito do líder Trissino, 100% vitorioso.

Os dispendiosos reforços Pedro Gil e Domenico Illuzzi são os melhores marcadores, com sete golos cada, de uma equipa que será agora orientada até final da temporada por Marc Gual.

Recorde-se que o Forte "recrutou" Marc Gual no último defeso, dois anos depois de ter "pendurado os patins", quando era delegado técnico no Barcelona. Impedido de jogar desde logo na equipa principal, o multi-titulado catalão foi integrado na equipa "B" para recuperar a forma na Serie A2 ("2ª divisão") e é nada menos que o melhor marcador da equipa, com 10 golos em cinco jogos realizados.

Poucos dias depois de ter completado 41 anos, Marc Gual é presenteado com a exigente tarefa de elevar o jogo do Forte para um patamar ao nível dos seus jogadores, naquela que será a estreia como técnico.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade