Notícia

«Esteve aqui ainda a pensar que estava no Dragão...»

Sep 11, 2021

Entre os diferentes rescaldos do primeiro dia de Elite Cup, destaque para a intervenção crítica de Paulo Freitas à actuação de Joaquim Pinto. "Uma falta de respeito o que nos fizeram hoje", acusou o técnico do Sporting. #Reacções #Video #EliteCup

O primeiro jogo da oficializada Elite Cup encerrou desde logo em si as declarações mais marcantes. Sem com isso desculpar a derrota com a Oliveirense, Paulo Freitas lamentou a actuação de Joaquim Pinto, dando continuidade a críticas que já vinham do último jogo do play-off, no Dragão Arena.

O técnico do Sporting avançou que o cotado árbitro portuense estará presente em Lleida, na decisão da Taça Continental, prova que aponta como prioridade nesta fase da temporada. A Elite Cup, ainda num momento preparatório, serve para afinar detalhes para a tentativa de revalidação desse título europeu que os leões conquistaram pela primeira vez na sua história em 2019.

No duelo com o Sporting, Paulo Pereira saiu naturalmente mais satisfeito, contente pela resposta e união de um grupo que, sem assumir cabalmente uma candidatura, lutará jogo-a-jogo por todos os títulos.

As muitas mudanças no plantel - que conta com sete caras novas - geraram desconfiança que o treinador da Oliveirense gostava que se mantivesse ao longo da temporada, mas o bom jogo evidenciados deverá desde já deixar os rivais atentos.

Edo Bosch reconheceu uma muito má primeira parte do Valongo no embate com o Porto, que praticamente aniquilou as aspirações valonguenses a disputar o resultado final. Mais agradado com a segunda parte, mais próxima do que pretende, o técnico catalão espera lutar em todos os jogos pelos três pontos em disputa e para tal conta com o regresso do público, fundamental num Municipal que vai sentindo falta dos ambientes fervorosos que o caracterizam.

Ricardo Ares não deixou de começar por deixar uma sentida mensagem de solidariedade - a que o HóqueiPT se alia - a Franklim Pais, ausente do evento. O histórico guarda-redes e treinador do Porto perdeu esta quinta-feira o seu pai, num ano particularmente complicado em que já perdera a mãe, vítima da pandemia.

Na análise ao jogo com o Valongo, o novo técnico azul-e-branco já viu coisas boas, mas pede tempo para implementar e mostrar o Porto que pretende, de uma defesa mais alta e ataques mais curtos, sempre em busca da baliza contrária.

Do jogo que opôs Óquei de Barcelos a Tomar, Rui Neto sublinha a importância da entrada forte e o pragmatismo da segunda parte. Duas situações quase consecutivas de inferioridade numérica nos primeiros 25 minutos terão pesado de sobremaneira num plantel que, por força de um surto de CoViD-19, leva poucos dias de trabalho conjunto e o pragmatismo da etapa complementar, quando voltou a conseguir dois golos de vantagem, serão reflexo desse condicionalismo.

Na reacção à "saída de cena" da Liga Europeia dos clubes da EHCA, Rui Neto sublinhou que era a posição que tinha de ser tomada, face à "novela" desenrolada e às decisões tomadas pelo organismo europeu.

Nuno Lopes elogiou a reacção da sua equipa na primeira parte, mas reconhece que há muito trabalho pela frente para enfrentar desafios que já deixaram de ser os da mera manutenção. O técnico do Tomar, privado de Lucas Honório (no Campeonato da Europa de Sub-19) nesta prova,

O treinador da Juventude de Viana, André Azevedo, levaria facilmente para casa um hipotético troféu da felicidade neste primeiro dia de Elite Cup. Depois de há dois anos ter surpreendido a Oliveirense nos "quartos", os vianenses "tombaram" este ano o Benfica, com uma excelente atitude e... muito sofrimento.

A Juventude de Viana viu escapar nos derradeiros instantes regulamentares uma vantagem de dois golos, mas garantiria o triunfo na decisão por grandes penalidades no coroar de um bom jogo que justifica a ambição de André Azevedo de ir mais além do que a qualificação para o play-off. A entrada de Reinaldo Ventura também poderá ser fulcral para tal.

Do lado das águias, Nuno Resende lamentou o desfecho  e não deixou de identificar falhas no discernimento em largos minutos na segunda parte e em três azuis tão evitáveis como penalizantes. A boa primeira parte e a reacção à desvantagem, a levar o jogo para a "lotaria", não seriam suficientes para que o novo técnico da equipa da Luz terminasse o seu primeiro jogo oficial com uma amarga derrota.

Inline content
Ficha Técnica
Estatuto Editorial
Contacte-nos
BackOffice
Política de Privacidade